Nuvem

Casa Alfazema

O Festival de Inverno de Garanhuns, realizado entre os dias 17 e 26 de julho pelo Governo do Estado de Pernambuco, através da Secretaria de Cultura e Fundarpe, mais uma vez foi um sucesso de público. Sua vasta programação atendia a gregos e troianos e o público conferiu, além de várias atrações musicais, diversas atividades gratuitas nas áreas de cinema, teatro, circo, audiovisual, workshops, fotografia, artes visuais, design, moda e literatura. As atividades aconteceram em diversos palcos, ruas, praças e espaços fechados da cidade.

Além dos espaços “oficiais”, ganharam destaque entre o público presente os “extraoficiais”. Neste ano, se destacou a “Casa Alfazema”, espaço, que contou com Djs e até o Som na Rural de Roger de Renor. O bar, sazonal, com uma pegada underground, ficava pertinho do palco principal do FIG e, assim como a Lolóteria, era o ponto final de encontro da galera.

10498321_10152658695484994_1233823099849369130_o

Mas a Casa Alfazema também se destacou pela sua ocupação artística.

10495375_10152658694209994_1159155796728145926_o

Marcelle Dardenne, artista visual que tem como ponto forte de seu trabalho a técnica da xeroarte , foi a responsável pela intervenção na fachada da Casa Alfazema. Apesar do desenho ser bem geométrico, a forma com a qual ela distribuiu e estampou as xerocópias deu um movimento feminino a linguagem de grafitti que ela quis imprimir. O trabalho foi feito de dentro pra fora e realizado com papel sulfite, cola e spray. Pra quem não lembra, foi a artista quem criou a intervenção da fachada da Nuvem Produções, na Galeria Joana D’Arc (Recife – PE).

79

A artista elegeu a alfazema como estampa principal. Na parte interna, misturou a ilustração com os arabescos presentes nos azulejos hidráulicos, que deu todo um movimento as colagens. Segundo a artista, “a proposta era trazer uma realidade urbana da noite e dos boêmios que gostam de locais bacanas e com som bom”.

20140717_224627

O trabalho de Marcelle Dardenne ocupa a parte interna e externa do bar, que fechou após o final do FIG, mas que promete ficar exposto como mural.

20140716_214225